O panorama dos cuidados de saúde está em constante evolução e manter a conformidade com os regulamentos é um desafio, especialmente para as pequenas e médias empresas (PME).

O GCPG do OIG, de novembro de 2023, oferece informações e directivas valiosas para os prestadores de cuidados de saúde de todas as dimensões. No entanto, as nuances para as PME merecem uma atenção especial, uma vez que estas enfrentam frequentemente desafios únicos em comparação com as suas congéneres de maior dimensão.

melhor software de denúncia de irregularidades

1. Compreender as BPCG para as PME:

O GCPG do OIG é um recurso abrangente concebido para ajudar as entidades de cuidados de saúde a navegar no complexo mundo da conformidade. Para as PME, esta orientação é um farol, iluminando o caminho para a conformidade num sector repleto de regulamentos.

2. Abordagem de conformidade adaptada:

Reconhecendo as limitações de recursos das PME, o GCPG sugere uma abordagem adaptada à conformidade:

  • Contacto de conformidade: Em vez de um responsável pela conformidade a tempo inteiro, as PMEs podem designar um indivíduo conhecedor responsável pela supervisão da conformidade.
  • Políticas e formação personalizadas: Desenvolver políticas e procedimentos que sejam relevantes e práticos para a dimensão e complexidade da PME. Assegurar que todos os empregados recebem formação e têm conhecimento destas políticas.
  • Canais de comunicação abertos: Estabelecer canais claros e acessíveis para a comunicação de problemas de conformidade, dando ênfase à confidencialidade e a uma política de não-retaliação.

3. Avaliação e controlo dos riscos:

Efetuar avaliações de risco regulares para identificar potenciais áreas de não conformidade, concentrando-se nos processos de alto risco. A auditoria e o controlo devem ser dimensionados para corresponder ao âmbito operacional da PME.

4. Aplicação das normas de conformidade:

Aplicar um sistema de consequências e incentivos para fazer cumprir as normas de conformidade. Tal inclui mecanismos disciplinares em caso de incumprimento e o reconhecimento da adesão aos protocolos de conformidade.

5. Ação de resposta a questões de conformidade:

As PME devem ser ágeis na resposta a questões de conformidade detectadas. A investigação imediata e as acções correctivas são cruciais para manter a integridade da conformidade.

6. Criar uma cultura orientada para a conformidade:

É essencial uma cultura que valorize o comportamento ético e a conformidade. A liderança nas PME deve promover ativamente esta cultura, encorajando uma comunicação aberta e práticas éticas.

Pode aceder ao GCPG do OIG AQUI.

Mantenha-se informado, mantenha-se em conformidade. Entre em contacto connosco para descobrir como o podemos apoiar na sua jornada de conformidade! As nossas soluções são rápidas e simples de implementar e não o vão deixar ficar mal.